Chalé de pau-a-pique, Itamonte, 2016.

O desafio construtivo deste chalé ecológico realizado no meio das montanhas mineiras foi o de produzir uma arquitetura integrada a natureza local, realizada a partir da utilização de madeiras e terras disponíveis como materiais naturais de construção.

Com as estruturas em madeira, o sistema de piso elevado do solo e a cobertura vegetalizada, o chalé possui suas paredes realizadas a partir de painéis pré-fabricados de madeira que, uma vez montados, receberam a trama de bambu e o barreamento feito a partir de uma argamassa de terra argilosa e palha. Posteriormente, o lado interno da casa foi revestido com camadas de rebocos de terra, e as fachadas externas foram acrescentadas de uma nova camada vertical composta por um colchão de serragem e cal, e revestidas por peças de madeira.

A nível térmico, as técnicas e materiais utilizados buscam assegurar um bom conforto interno, aproveitando da alta inércia térmica presente na terra, na parte interna da casa, e do potencial das fibras como material isolante, na parte externa das paredes e no piso. A cobertura vegetalizada também limita de maneira importante a perda de calor da casa pelo telhado.

Esta construção foi realizada através do trabalho em parceria e complementaridade com os construtores e também amigos Rafael Camargo, Natal e Agnaldo.

Projeto arquitetônico: A.R.C.A. Terra
Obra: A.R.C.A. Terra, Rafael Camargo, Natal e Agnaldo

Superfície : 25 m².
Tempo de execução da obra: 62 dias com 1 a 4 pessoas.

Estruturas:
Madeiras disponíveis.

Sistema de piso:
Piso elevado do solo. Composição feita com placas de madeira de OSB, preenchidas em seu interior com uma mistura de palha e cal.

Sistema de cobertura:
Teto vegetalizado. Base de madeira impermeabilizada em sua face superior, acrescida de um sistema de drenagem, do substrato de terra e do material vegetal de cobertura.

Paredes:
Quadros de madeira pré-fabricados, trama interna de bambu e barreamento com uma argamassa a base de terra argilosa e palha.

Revestimento interno:
Na sala, cozinha e quarto foram realizadas as camadas de emboço e reboco a partir de argamassas produzidas com as terras locais. No banheiro foram feitos o emboço e reboco a partir de uma argamassa de terra estabilizada com cal.

Revestimento externo:
Exterior ao barreamento foi realizada uma camada vertical isolante com uma mistura de serragem e cal, separadas por um geotextil e revestidas externamente com peças de madeira de assoalho de demolição.

_______________

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s